Homenagem a Carlos Vilaró

Deixe um comentário

25 de Fevereiro de 2014 por redação

Morreu ontem o artista uruguaio Carlos Vilaró. Pintor, escultor, escritor e compositor, Carlos tinha 90 anos e estava em sua residência – a famosa Casapueblo, em Punta del Este. Essa casa-escultura era uma de suas obras mais conhecidas, construída durante décadas com vista privilegiada para o encontro do Rio Prata com o Atlântico e um dos mais bonitos pores do sol do planeta. Além de ter sido a morada do artista, Casapueblo é um museu e um dos pontos turísticos mais famosos do Uruguai.

Casapueblo e o pôr do sol Visão casapueblo

Vilaró era apaixonado pela tradição do Carnaval uruguaio e suas raízes africanas e – depois de passar anos da sua juventude na Argentina – dedicou boa parte do seu trabalho a esse tema. Sua entrega a esse universo foi passional e além de desenvolver quadros e murais, compôs músicas, treinou coro e decorou desfiles. No último dia 14 de fevereiro celebrou seu último carnaval.

Vilaró

Apaixonado pela história e raízes negras,  percorreu países latino americanos como República Dominicana e boa parte do continente Africano. Pintou diversos murais durante essas viagens, inclusive o palácio do presidente zulu. Ele foi incentivado por grandes mestres, como Pablo Picasso, Salvador Dalí, Jean Cassou e Andy Warhol.

picasso e vilaró

Picasso e Vilaró

Entre suas obras mais famosas estão murais nas Organizações dos Estados Americanos em Washington, no hotel Conrad em Punta e no aeroporto internacional da Argentina. Grande parte do seu trabalho está reunido na Casapueblo e já rodou o mundo e grandes museus em importantes exposições.

Casapueblo - pinturas

Entre seus amigos e visitantes ilustres da Casapueblo estava Vinicius de Moraes, que teria se inspirado na construção para compor a música A Casa: “Era uma casa muito engraçada / Não tinha teto / Não tinha nada”. Vilaró contava que quando o músico brasileiro estava no local, brincava com os versos: “Era uma casa de pororó / Era a casa do Vilaró”.

Além de temas africanos, a própria casa despertou sua paixão. Ele pintou o sol encontrando o mar em algumas de suas obras. Ontem, dia da sua morte, o sol brilhou em Punta del Este, após vários dias de tempo fechado. Um de seus filhos declarou:  “Espero que ele descanse em paz. Nunca vi alguém que trabalhasse tanto. (…) Ele estava trabalhando até um dia antes.”

casapueblo - serie

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: