O “quente” da temporada de esqui na America do Sul

Deixe um comentário

16 de Maio de 2014 por redação

Las Leñas, Argentina Situada na província de Mendonza a cerca de 1.000 km de Buenos Aires a estação de Las Leñas, no coração dos Andes, é uma das mais tradicionais pistas de esqui bastante utilizada por turistas e argentinos.

Possui 29 pistas e 14 meios de elevação e uma descida que chega a 7 km.

No local estão disponíveis tanto pistas para iniciantes como também pistas para esquiadores avançados.

Las Leñas também é reconhecida por seus confortáveis e luxuosos hotéis.

Imagem

Bariloche, Argentina

Bariloche é a mais brasileira das estações de esqui na Argentina. Não é pouco comum na temporada se ouvir português fazendo os brasileiros se sentirem em casa no território de “los Hermanos”. Afinal é uma via de mão dupla já que no verão tanto Florianópolis como Búzios quase se tornam “territórios argentinos”.

Bariloche é uma cidade muito charmosa com excelente estrutura de hotéis, passeios e serviços.

A 19 km do centro de Bariloche, Cerro Catedral tem 53 pistas, 39 meios de elevação e é considerado o destino mais completo da América do Sul.

Local de vista privilegiada sobre o Lago Nahuel Huapi e os cumes nevados dos Andes.

 Imagem

San Martin de los Andes, Argentina San Martin de los Andes é uma pequena cidade localizada na província argentina de Neuquén. A beleza natural do local é dos seus grandes pontos de atração, com destaque para o Lago Lanin e pela estação de esqui Chapelco.

A estação Chapelco é uma ótima opção para família e grupo e amigos que possuem diferentes níveis de aptidão no esporte, pois o local oferece uma grande variedade de pistas com diversos níveis de desafios.

Chapelco também oferece aos visitantes a possibilidade de fazer aulas particulares ou em grupo.

San Martin de los Andes possui hotéis econômicos e luxuosos a disposição os visitantes.

Destaca-se no local a gastronomia, os restaurantes de comida típica da região como fondue e o delicioso cordeiro patagônico.

Imagem

Cerro Bayo, Argentina Com conceito diferenciado entre as estações de esqui, Cerro Bayo nas proximidades de Villa la Angostura, em Neuquén, é a grande novidade do momento.

Como um Centro de Esqui Boutique, Cerro Bayo possui um atendimento único voltado para o conforto dos esquiadores, exclusividade no país.

Localiza-se a 80 km de Bariloche e a 110km de San Martin de los Andes.

Possui setores exclusivos para cada nível de esqui e snowboard com áreas de freestyle,  em 12 km de pistas esquiáveis e 1km de pista atravessando florestas virgens onde é possível degustar da maravilhosa paisagem sobre o lago Nahuel Huapi.

 Imagem

Cerro Castor, Argentina Cerro Castor localiza-se na distante Terra do Fogo. A qualidade de sua neve e baixas temperaturas por um período mais longo do ano faz desta estação de esqui um local ideal para treinos até de esquiadores profissionais. São 26 pistas que atravessam belíssimas paisagens.

Ushuaia  a 30 km da estação é a cidade que melhor oferece estrutura para hospedagem, restaurantes e outros atrativos de lazer.

 Imagem

Termas de Chillan, Chile Termas de Chillán, localizada a 400 km de Santiago, é uma bela opção para esquiar no Chile. Com 32 pistas, lá  destaca-se com 13 km a maior pista da América do Sul.

O local oferece ótimas opções de hospedagem e é ideal para famílias. Um diferencial da estação são as águas termais para um momento “quente” de relaxar após a jornada de esqui ou snowboard apreciando a beleza dos Andes chilenos.

Imagem

Portillo, Chile Localizada a 164 km de Santiago, Portillo possui 19 pistas. Para os esquiadores que desejam um maior desafio, 65% das pistas são dedicadas são para esquiadores avançados e profissionais.

Um atrativo de Portillo é o fato de poder aproveitar os circuitos fora de pista utilizando o serviço de heliski, um helicóptero que leva os esquiadores para pistas ainda mais selvagens, de onde é possível apreciar uma vista exclusiva sobre os Andes.

Portillo não tem variedade de hospedagem, mas conta com um luxuoso resort que tem atraído esquiadores com o  chamado “ski-in/ski-out”, onde o hóspede pode sair esquiando do hotel e voltar para o mesmo sem precisar utilizar
transporte.
Portillo Blog

Valle Nevado, Chile É a estação mais próxima de Santiago – a capital chilena, apenas a 60 km de distância.

Durante a temporada de esqui, a mais tradicional das estações chilenas possui muitos dias de sol oferecendo uma excelente programação para o esporte tanto para esquiadores avançados em percursos alternativos que chegam a 5 mil metros e também 34 pistas e caminhos para esquiadores médios e principiantes.

Além da hospedagem no local em hotéis que vão do econômico ao luxo, é possível também encontrarmos visitantes para pacotes diários. A proximidade da capital chilena permite aos turistas experimentar diferentes emoções e apreciar a natureza também num “bate e volta” estando hospedado em Santiago.

Imagem

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: